O Natal me deixa triste
 
 
Não sei se é só comigo que isto acontece...
Sempre que chega o mês de dezembro, quando as pessoas começam a falar sobre o Natal, eu fico triste, sinto uma
profunda melancolia, pouco sorrio...
As vezes me indago o por quê dessa atitude...
Não sei explicar...
As pessoas ao meu redor expressam alegria, planejam
o que fazer, montam árvores de natal,  colocam enfeites,
fazem listas para os presentes...
E eu alheio a tudo isso, fico só observando, vejo
o sorriso de cada um.
Minha esposa que tem uma garra para realizar reuniões,
festas, almoços, jantares, meus filhos que gostam de
participar, minhas netas ficam olhando os encartes das lojas apontando o que gostariam de ganhar.
 
É claro que tenho satisfação em ver tudo isso, pois o Natal proporciona um maior entrosamento do que o que já
existe, entre nossa Família.
É bonito quando você percorre o comércio, ou vai aos Shoppings e vê tudo enfeitado...
Observa cada um, com sacolas e mais sacolas, e um
ar de quem está satisfeito com o que leva.
E quando chega o dia, a Família reunida em seu lar,
crianças correndo, casa enfeitada, mesa posta com diversas iguarias e frutas, árvore piscando com presentes
colocados ao seu lado.
Chega a hora da Ceia, uma Prece de agradecimento,
todos se servem, vinho nas taças, uma saudação,
abraços e desejos proclamados...
 
Mas a minha tristeza interior, esta não desaparece.
Alguém poderia me dizer o motivo?
 
Espera aí... acho que encontrei a resposta...
Passou-me pela idéia de que tudo acima relatado,
a festa, os presentes, a comida, o vinho, taças, não
está presente em todos os lares.
Nem todas as Famílias terão do que desfrutar nas
festas natalinas.
Muitas só terão a alegria de ter um prato de arroz, farofa,
frango desfiado, nem uma fruta sequer...
Outras famílias, nem isso terão.
Apenas poderão rezar, olhando para as estrelas,
pedindo a Deus
que não lhe falte o pão nosso de cada dia...
 
E os que estão nos hospitais, asilos, orfanatos,
sem a presença de um só familiar?
 
É, aí está o motivo de minha tristeza...
 
De ver que as vezes o mundo não é justo com a raça
humana... Enquanto brilham as lâmpadas das árvores
em grande parte do mundo, em milhares de lugares o
que brilha são os olhos dos que são esquecidos,
que vertem lágrimas de tristeza e
Esperança por dias melhores.
 
Que Deus ilumine os que detêm o poder para que
olhem a humanidade com mais atenção, e façam o seu
dever que é cuidar de seu povo.
 
Eu tentarei realizar alguma coisa por alguém,
colocando um sorriso no seu rosto sofrido e, quem sabe,
no meu coração também.
E então,  finalmente,
com mais verdade possa dizer,
a todos vocês:
 
Boas Festas !
Feliz Natal !
 
 
José Maciel
 
Para enviar esta mensagem, clique na imagem

Voltar

E-mail

Livro de Visitas

Se desejar receber atualizações: clique aqui